Os Leigos Boa Nova são jovens em Missão: anunciar Jesus Cristo, servir os mais pobres do mundo e promover a solidariedade, o desenvolvimento, a justiça e a paz.

.posts recentes

. D. António Couto vai apre...

. Conferência sobre Volunta...

. Ceia de Natal Comunitária

. Concurso de Ideias para a...

. Jornadas Missionárias 201...

. Pontes de Comunhão em Moç...

. "SER CRISTÃO É SER MISSIO...

. Voluntários partem em Mis...

. Espectáculo de Solidaried...

. É urgente agir a partir d...

.arquivos

. Janeiro 2011

. Novembro 2010

. Setembro 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

Segunda-feira, 18 de Setembro de 2006

Jornadas Missionárias Nacionais 2006

A Missão da Igreja “continua actual e urgente” e a Missão “tem o seu coração na Igreja local” são duas das conclusões das Jornadas Missionárias que terminaram dia 17 de Setembro, em Fátima. Cerca de 500 participantes, oriundos de várias diocese do país, desde o Algarve ao Minho, encheram o Centro Paulo VI, para uma reflexão conjunta sob o tema «Percursos e Actualidade da Missão “Ad Gentes”, 40 anos após o Vaticano II».

.


Painel  - P. Manuel Durães, P. Mário Pais e P. Manuel Pinheiro

 

“O Concílio Vaticano II abriu novos caminhos à Missão da Igreja. O percurso destes 40 anos tem manifestado um grande esforço do Magistério e da Teologia em responder às questões actuais: urgência da Missão universal da Igreja, a mediação de Jesus na História da Salvação, a inculturação, o diálogo inter-religioso e a defesa da dignidade e liberdade de todo o ser humano” aponta o texto de conclusões destes dias de trabalhos.

 

Emília - LBN

.

O noite de 15, começou com a palestra sobre “A igreja e o mundo num dinamismo de missão segundo o Vaticano II” de Guilherme Oliveira Martins. O Presidente do Tribunal de Contas definiu o serviço “como uma ideia indispensável em toda a vida”, nomeadamente na vida profissional. Por sua vez, ligou “o serviço aos outros” à missão. Oliveira Martins caracterizou a indiferença como o mais grave pecado da sociedade. A vida cristã tem o seu alicerce em dois pólos - acção e contemplação. São complementares um do outro e originam o compromisso. Apresentou como modelo desta noção bipolar, “a vida do seu amigo e saudoso Sousa Franco”.

.

Andreia - LBN

 

Na palestra (dia 16) “A Evangelização é sempre nova” o seu autor, João Duque, defendeu a Nova Evangelização “é um processo constante, de transformação à luz de cada época cultural”, distanciando-se assim, do conceito de Nova Evangelização porque Re-evangelização de povos já cristãos. O teólogo e professor da Universidade Católica afirmou que o que é “essencial à evangelização é a defesa e afirmação da liberdade pessoal de cada ser humano” e ser “voz dos que não têm voz”, salientou o professor.

.

Adelaide e Belmira - LBN

.

Já no dia 17, o Pároco de Mem Martins, o Padre Mário Pais, partilhou a sua experiência de missão em São Tomé e Príncipe, onde referiu que “mais do que fazer, a experiência de missão sintetiza-se no "estar", com os outros”. Acompanhou oito pessoas durante um mês e apontou que no próximo ano “ficarão dois meses”. Mas, o grande objectivo é “criar lá uma base de apoio”, refere. Na sua paróquia – salientou – a missão está entranhada. Há um missionário da Consolta a trabalhar em Moçambique que é daquela paróquia, Há leigos ligados à Consolata (casos dos Jovens Missionários e das Mulheres Missionárias), entre outras experiências de missão. O que significa que “não é um projecto do padre Mário, mas da paróquia”.

 

A edição de 2006 das Jornadas Missionárias terminou com Eucaristia onde se celebrou o envio de leigos e religiosos para missão. No texto de conclusões, os participantes congratulam-se ainda “com a iniciativa da Conferência Episcopal em promover um Congresso Nacional Missionário, a realizar em 2008, em Fátima. Portugal é de novo convocado para a Missão” pode ler-se.

 

in Agência Ecclesia

publicado por Sérgio Cabral às 21:59
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

.Webstats4U

blogs SAPO

.subscrever feeds